"Cristãos na teoria nem sempre são
discípulos na prática"



quinta-feira, 22 de julho de 2010

Jesus o mediador em nosso casamento

Ninguém se casa pensando em ter uma vida conjugal em que existam disputas, discussões, tensões, brigas e aborrecimentos. Todos desejam viver em harmonia, paz e amor, o que é perfeitamente possível. Paulo mostra aos Colossenses que é possível: “Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração, à qual, também, fostes chamados em um só corpo; e sede agradecidos. Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo; instruí-vos e aconselhai-vos mutuamente em toda a sabedoria, louvando a Deus, com salmos, e hinos, e cânticos espirituais, com gratidão, em vosso coração. E tudo o que fizerdes, seja em palavra, seja em ação, fazei-o em nome do Senhor Jesus, dando por ele graças a Deus Pai.” (Colossenses 3.15-17). Esses versículos são sábios conselhos e farão maravilhas em seu casamento se forem compreendidos e colocados em prática.

“Seja a paz de Cristo o árbitro em vosso coração”

A paz aqui citada não é a paz que experimentamos quando não existe nenhum conflito. É um sentimento de plenitude e bem estar. Quando Jesus é o mediador em nossas vidas somos completos. Precisamos viver segundo a paz que Cristo tem a nos oferecer. Deixar que a paz de Cristo nos guie e seja nossa conselheira nos conflitos diários. Talvez se permitíssemos que a paz de Cristo reinasse em nossos corações, as palavras ofensivas que dizemos no caso de um conflito nunca teriam sido proferidas. A paz de Cristo que habita em nosso coração é indispensável para tratarmos nosso cônjuge com amor.

“Habite, ricamente, em vós a palavra de Cristo”

Como a palavra de Deus pode habitar em nós? Lendo-a diariamente, estudando-a com dedicação. E principalmente vivendo-a. A palavra de Deus modifica pessoas iradas. A palavra de Deus transforma pessoas frustradas. A palavra de Deus traz a paz e ajuda pessoas ansiosas. A palavra de Deus edifica e muda até pessoas detestáveis. A palavra de Deus nos modifica! Quando a lemos, devemos pedir ao Espírito Santo que a palavra de Deus faça parte de nossas vidas. As verdades contidas nas sagradas Escrituras podem quebrar falsas opiniões que podemos ter de nós mesmos, de Deus, de pessoas e principalmente de nosso cônjuge, convicções que nos foram ensinadas erradamente ou que aprendemos por conta própria.

Reflita como a presença de Jesus dentro de você tem feito a diferença em seu casamento. Lembre-se nunca é tarde para começar, convide Jesus para ser o mediador em seu casamento. Deixe que a palavra de Deus governe o seu casamento.