"Cristãos na teoria nem sempre são
discípulos na prática"



domingo, 10 de outubro de 2010

Semeadores de paz



“Ora, é em paz que se semeia o fruto da justiça, para os que promovem a paz.” (Tiago 3.18).


Quer ver um milagre? Experimente este: tome uma semente menor do que um grão de arroz. Ponha a semente debaixo de alguns centímetros de terra. Dê-lhe água, luz e um bom adubo. E prepare-se. Uma montanha será removida. Não importa se o chão é bilhões de vezes mais pesado do que a semente. A semente o rompera. É interessante aqui notarmos que Tiago, o autor da epistola, não era um agricultor. Mas ele sabia do poder de uma semente plantada em um solo fértil. “Pois a bondade é a colheita produzida pelas sementes que foram plantadas pelos que trabalham em favor da paz.” (versão NTLH).
O princípio da paz é o mesmo aplicado nas colheitas: Nunca se deve subestimar o poder de uma semente. Qual a sua habilidade em plantar sementes de paz? Você pode não ser chamado para remover conflitos internacionais, mas terá a oportunidade de fazer algo de vital importância: Trazer a paz interior a um coração perturbado. Jesus é nosso modelo para isso. Você não o vê resolvendo disputas ou negociando conflitos. Mas pode vê-lo cultivando a harmonia interior por meio de atos de amor:
· Lavando os pés de homens que sabia que o trairia;
· Comendo com um corrupto cobrador de impostos e,
· Honrando uma mulher pecadora de quem a sociedade escarnecia.
Ele construiu relacionamentos sarando feridas. Ele preveniu conflitos tocando no interior das pessoas, com uma palavra de amor. Ele cultivou a harmonia plantando sementes de paz em corações férteis. Pare por um momento e pense nas pessoas que constituem o seu relacionamento, pode ver os seus rostos? Seus familiares, seu melhor amigo, seus vizinhos, seus companheiros de trabalho ou escola, aquele parente querido que mora distante... Congele estas imagens por alguns minutos enquanto lhe digo o que algumas delas estão sentindo agora: Medo, solidão, angustia, insônia, depressão...
Quer ver o milagre? Plante uma semente de amor na vida de uma pessoa. Alimente-a com um sorriso, uma oração e veja o que acontece. Um empregado recebe um elogio, uma pessoa recebe um ramalhete de flores, prepara-se um bolo e leva-o a vizinha para tomar um café. Abraça-se uma viúva. Elogia-se um companheiro de serviço. Plantar sementes de paz é como plantar algo. Não se sabe como funciona, mas sabe-se apenas que funciona. Sementes são plantadas e a crosta ferida é removida. Não se esqueça do princípio. Nunca subestime o poder de uma semente!