"Cristãos na teoria nem sempre são
discípulos na prática"



terça-feira, 1 de janeiro de 2013

A palavra que não volta vazia!


Em meio a muitos planos e pensamentos sobre um novo ano, gostaria de compartilhar com vocês algo que o Senhor tem falado ao meu coração nestes dias. No texto de Isaías 55.6-13, podemos ver o Senhor mostrando o Seu favor a nosso respeito. Pensando ainda acerca de planos e projetos para 2013, o profeta nos conforta ao dizer que o Senhor tem algo novo para nossas vidas, projetos novos, caminhos novos.
O Senhor nos tem chamado e nos dado uma missão. Deus nos tem dado toda a autoridade para anunciarmos as nações a Sua graça e perdão. Não é uma palavra em meio a muitas que temos ouvido nesses dias, mas é a palavra que procede da boca de Deus, a qual Ele tem confiado a nós, Seus discípulos, para espalharmos a todos os homens. E é esta palavra que não volta vazia! “Assim será a minha palavra, que sair da minha boca; ela não voltará para mim vazia, antes fará o que me apraz, e prosperará naquilo para que a enviei...” (Isaías 55.11).
Por isso, amados, precisamos em primeiro lugar acolher a mensagem do evangelho do Reino em nosso coração para podermos anunciá-la com autoridade. Quando acolhemos a mensagem ela nos capacita. O texto diz que quando entendemos nossa condição como discípulos de Cristo, a palavra em nós é como chuva derramada e a neve derretida. É água que rega a terra, faz germinar a semente, faz crescer a planta, florir, e frutificar. Para dar pão a quem tem fome e semente a quem semeia. Isto é tremendo irmãos! É a graça do Pai fruindo em nossas vidas, fonte a jorrar agua viva! Assim amados, é a palavra que sai da boca do nosso Deus e Pai Eterno, ela realiza os seus propósitos, ou seja, prospera e transforma. Deixe-me dizer algo a vocês: Estamos todos envolvidos na obra de Cristo, que tem consequências eternas. Portanto, é necessário manejar bem a espada do Espírito, que é a palavra de Deus.
Sim, é de consequências eternas porque nas escrituras e por meio delas, cuidamos ter a vida eterna por Jesus Cristo, nosso Senhor. E esta verdade anunciamos: O Verbo, a Palavra encarnada, que é viva e eficaz, que transforma e traz vida!
Concluindo, que em 2013 possamos:
1. Ter tempo com a palavra de Deus; e assim anunciarmos a palavra a todos que ainda não a conhecem;
2. Levar o evangelho que cura, que sara e transforma a todos;
3. Possamos ser guiados pelo Espírito Santo, com alegria, em paz, discernindo o tempo e modo das circunstâncias ao nosso redor.
4. Avaliar nossos frutos, repensar nossos caminhos e decisões e acima de tudo ser grato por tudo.
      E os montes e os outeiros, romperão em cânticos e as árvores do bosque baterão palmas, a nossa realidade será mudada, em nome de Jesus! Pois o cipreste vai romper no lugar do espinheiro e a murta, bonita e perfumada no lugar da sarça, ainda que ardente.
      Que Deus muito nos abençoe!!!