"Cristãos na teoria nem sempre são
discípulos na prática"



sábado, 4 de março de 2017

Para onde você tem dirigido os seus pensamentos?

Vivemos em meio a muita pressão, somos forçados a tomar decisões rapidamente, sem pensar, sem refletir, sem analisar as consequências e por incrível que pareça: “sem orar antes de tomar decisões.” Nada é tão instável como os nossos sentimentos. 
Não se deixe influenciar negativamente pelas tendências do momento. Nem a lógica, o bom senso e as experiências servem de substitutos para a fé genuína. Na verdade, devemos pedir sabedoria e entendimento, mas em tudo nossa vida deveria ser determinada pela pergunta: “Senhor, que queres que eu faça?” Por isso, tome cuidado para que nada o afaste da íntima comunhão com o seu Senhor.
O Diabo não consegue roubar de você a condição de filho de Deus, mas pode plantar pensamentos em seu coração que formam uma nuvem escura sobre a sua alma. Por isso, esteja atento!
“Entrega o teu caminho ao Senhor; confia n’Ele, e Ele o fará. E Ele fará sobressair a tua justiça como a luz, e o teu juízo como o meio-dia. Descansa no Senhor, e espera n’Ele; não te indignes por causa daquele que prospera em seu caminho, por causa do homem que executa astutos intentos. Deixa a ira, e abandona o furor; não te indignes de forma alguma para fazer o mal.” (Salmos 37.5-8). 
As circunstâncias em nossa vida não existem para nos ensinar a temer, mas para fortalecer nossa fé. Para onde você dirige seus pensamentos? Em quem você confia quando as circunstâncias adiante se apresentam como um campo de batalhas? Entregue o seu caminho ao Senhor! Somente então Ele agirá e colocará as coisas em ordem.